segunda-feira, outubro 15, 2007

Bicicleta dell'Arte - Um novo espaço

Inicia-se aqui uma nova categoria no Bicicleta na Cidade. A bicicleta como objecto de arte, a arte e a bicicleta, ou simplesmente a fetichisação do objecto - o valor social que lhe atribuímos. Tudo terá lugar neste espaço. Acreditamos que o simbolismo da bicicleta, e a forma como é usado e manipulado em diferentes trabalhos artísticos, cria uma identidade e estética próprias, assim como a sua presença no espaço público e a diversidade das formas que assume é capaz de alterar profundamente uma cidade e a relação das pessoas com o espaço envolvente.
A bicicleta deve ser vista para lá das suas vantagens eminentemente práticas, tal como acontece com os automóveis. Quando se compra um carro, compra-se um estilo de vida, uma estética, um objecto que nos permite muito mais do que viajar. Com a bicicleta passa-se o mesmo, porém com uma diferença: em Portugal, o valor social, o estatuto, que se atribui a um automóvel é superior ao que se associa à bicicleta. Felizmente já não precisamos de viajar muito longe para ver países e cidades onde esta relação se inverte.

Como nota de boas-vindas deixo duas sugestões de visita, o fotoblogue Cycle Chic - Copenhagen Girls on Bikes, o site 82 fotografias de bicicletas tiradas em 73 minutos em Amesterdão, e o vídeo que se segue, "Bat for Lashes - What's a Girl to Do".

Obrigado a Mário Alves e Narcisicamente

5 comentários:

triz disse...

Magnifica arte!

Já conhecia as meninas de Copenhaga, um sítios que visito todos os dias! Acho que tenho a esperança que um dia Portugal seja assim...

O link para as bicicletas de Amesterdão vai ser alvo da minha atenção assim que puder, muito interessante o conceito!

Adorei o video!!!

fcruz disse...

Se calhar o político está para a utopia social como a estética para a utopia do indivíduo (a identidade?); por outro lado, a assim ser, elas não se distinguem, ambas são complementares e universais. A "estética ciclável" era mesmo o que faltava explicitar e muito bem.
Estou contigo irmão!

triz disse...

Devo dizer que estou viciada neste video, e acho que apesar da música ser do meu agrado, é a bicicleta que me prende a ele pela sua originalidade!

Já oiço o album por completo e gosto, mas de facto é esta a faixa que me faz sorrir, ter saudades da minha bicicleta, e de querer andar ainda mais nela !

Obrigada pela partilha! Espero que continue! :D

triz disse...

Peço desculpa, esqueci-me de partilhar estes links que encontrei na www http://www.youtube.com/watch?v=XfD6jAoJrJg

http://www.youtube.com/watch?v=OVNK_VDQ


Enjoy ;)

Ricardo Sobral disse...

Obrigado pelos comentários!
Triz, não consegui ver o segundo vídeo, o primeiro já conhecia e intriga-me a sua história, uma vez que já tinha visto o que, suponho, seja o vídeoclip oficial dessa música. Além disso, esta "bike version" tem também a artista, pelo menos parece ser ela...