sexta-feira, outubro 24, 2008

Outono Azul



Avenida 5 de Outubro

Esta é uma das manobras que os ciclistas de Lisboa têm que executar com maior frequência: passar veículos estacionados em segunda fila. À falta de fiscalização eficaz por parte das polícias e da Câmara Municipal, compete-nos denunciar sempre que possível esta situação e, mais importante, saber contornar o problema sem nos colocarmos em risco. Na foto vemos a manobra ainda em progresso, mas sem dúvida no bom caminho, com a ciclista a mudar para a via da esquerda. Correríamos um risco desnecessário se tentássemos passar entre o carro em segunda fila e a linha tracejada. De um lado existe a possibilidade da porta se abrir de repente e dada a nossa proximidade do carro o condutor não conseguiria ver-nos no retrovisor (ângulo morto). Do outro lado deixaríamos a via livre para os condutores passarem à velocidade que entendessem e sem se preocuparem com a margem de segurança que devem dar ao ciclista.

Segurança à parte, eu gosto desta foto! A ciclista talvez vá de encontro ao conceito "La Redoute" de "hippie chique" (embora este termo seja bastante universal e muito usado para além daquela revista) mas a mim parece-me que há algo mais genuíno aqui. A moda hippie chique é algo que tenho dificuldade em digerir por se tratar, julgo, de uma apropriação vazia de acessórios e padrões por uma classe pouco hippie e (não necessariamente) muito chique.

Deixando a moda, seja ela hippie, seja chique ou quer seja a junção das duas, esta bicicleta fica muito bem em qualquer estilo. O tom do azul é fantástico!


8 comentários:

Viskonde disse...

esta bicicleta (e a dona) estiveram na ultima massa critica em lisboa :)

Francisco Alem-Tejo disse...

Isso faz-me lembrar que ainda não é desta que vou poder ir à massa crítica. Só tomei conhecimento da iniciativa quando vos vi passar à minha janela, na Almirante Reis. Fiquei cheio de inveja e não descancei enquanto não descobri o que eram. Mas na próxima semana vou estar fora do país, ainda não vai ser desta que a minha "poderosa" vai participar...

Francisco

Ricardo Sobral disse...

Oi,

e foi na Massa Crítica que esta foto foi tirada! Estamos lá para a semana? Da minha parte espero que sim...

Viskonde disse...

eu estou la :D (se o tempo ajudar).. sinceramente nao gosto de andar com chuva :P

ana carina disse...

Essa bicicleta é mesmo fantástica, modas à parte, que isso também não interessa para nada...

PlanetaLima – Outdoor Adventure disse...

Tudo seria mais calmo e pacífico se se generalizasse o uso da bicicleta. O problema é a falta de respeito e responsabilidade dos automobilistas em relação aos ciclistas. Continua a ser muito engraçado ” dar umas buzinadelas quando se passa por um ciclista pra lhe dar um sustuzinho”. Espero que a lenta mudança de mentalidade se torne rápida.

João Pereira, http://blogplanetalima.blogspot.com/

http://www.planetalima.com

Pedro Alves disse...

Olá,

Passei pelo seu blog e resolvi deixar-lhe os parabéns pois está 5 estrelas.

Na realidade andar de bicicleta em Lisboa é agressivo e sinto que está longe de mudar. Cidades feitas e pensadas para carros com auto-estrada no meio assim o obrigam.

Boas pedaladas,

pedro disse...

Como talvez não saibam, está a decorrer o processo para o orçamento
participativo na CML, para o qual, oficialmente, estão reservados 5
milhões de euros. Já houve uma primeira fase, em que os cidadãos
interessados puderam propor ideias para usar essa quantia. Entretanto,
a CML tem estado a analisar as propostas e, no site deles, dizem que
dia 8 de Novembro (ou seja, hoje; sem bem que me parece previsível que
haja atraso de pelo menos um dia) irão publicar uma lista "filtrada"
com propostas viáveis. Essas propostas serão depois votadas pelos
cidadãos *que se tiverem inscrito até antes de as propostas finais
serem apresentadas* (o que pode acontecer hoje, se o prazo que refiro
acima fôr verificado; mas também pode haver atraso, digo eu).

Eu fui uma das pessoas que propôs algo relacionado com melhoramento
das condições cicláveis em Lisboa, mas vi que havia, de entre as
propostas de outros cidadãos, mais propostas nesse sentido.

Ora, daí parece-me provável que haja, nas propostas aceites para serem
votadas, algumas na direcção de melhores condições cicláveis em
Lisboa.

O que poucos sabem:
- É que para votar não é nem preciso estar recenseado em Lisboa, basta ter com endereço de email (e ser um cidadão interessado)
- É que para votar é necessário fazer a inscrição aqui: http://www.cm-lisboa.pt/index.php?action=3 antes que a lista de propostas para votação seja publicada (o que deverá acontecer *hoje, dia 8 Nov.*). Ou seja, a inscrição terá de ser feita até hoje.

Lembrei-me de te enviar este email para este forum porque sei que as pessoas que o leem podem ser um
importante veículo mobilisador de um grande número de pessoas que
partilha os nossos interesses por Lisboa com melhores condições para
bicicletas.
Por isso, divulguem por favor: "As pessoas
podem votar para condições melhores para bicicletas em Lisboa, desde que
se inscrevam quanto antes, aqui: http://www.cm-lisboa.pt/index.php?action=3"

João Barreto